Home » Dinheiro, Diversos, Imposto Renda » Como declarar um consórcio no Imposto de Renda?

35

Está na hora de fazer a declaração do Imposto de Renda! Juntando comprovantes, recibos, holerites… surge a seguinte pergunta: como declarar um consórcio na Declaração do Imposto de Renda? Afinal, preciso declarar um consórcio no Imposto de Renda?


O consórcio ( tanto o de carro, como o de imóvel ) deve ser declarado como “Bens e Direitos”. O que muda é se o consórcio já foi ou não contemplado.

  • Caso o consórcio ainda não foi contemplado – deverá ser usado o código “95 – Consórcio não contemplado” e discriminado qual o consórcio que você fez. No valor, deve ser informado o total pago até o final do ano, somando todas as parcelas;
  • Caso o consórcio foi contemplado no último ano – uma vez contemplado, o consórcio declarado no Imposto de Renda dos anos anteriores ( código 95 ) ainda deve ser citado, mas deve ser encerrado, deixando com o valor “zerado” no último ano.

    Agora, o bem contemplado deve ser declarado normalmente (como um novo item). Se for um carro, deve ser usado o código 21. Em caso de casa, deve ser usado o código 12. No ano anterior, deixe o valor “zerado” e no último ano, informe o total já pago, inclusive o valor dos lances, caso tenha feito. Na descrição, informe que o bem é proveniente de contemplação de consórcio, de forma detalhada, descrevendo quantas parcelas já foram pagas, etc.

Depois de declarar um consórcio no Imposto de Renda, agora é hora de ver os outros itens. Confira outras dicas para a Declaração do Imposto de Renda
- Como fazer a Declaração de Isento do Imposto de Renda
- Quem precisa declarar imposto de renda
- Como ganhar dinheiro com a Declaração do Imposto de Renda
- Como declarar um financiamento de imóvel do Imposto de Renda



Deixe seu comentário

35 Comentários

  1. Viviane Wiziack disse:

    Sou titular de um consórcio de imóvel. Meu pai foi incluido no contrato para comprovação de renda. Os pagamentos das parcelas do consórcio foram feitas apenas por mim.
    Faço a declaração do total de parcelas pagas ou deverei fazer 50% e meu pai dos outros 50%?
    Ele deve declarar o consórcio também?
    Muito obrigada desde já pela ajuda.

  2. Anselmo disse:

    Deve ser declarado o valor que foi pago por cada. Se você pagou 80%, você irá declarar os 80% e seu pai vai declarar os 20% restantes.

  3. Viviane Wiziack disse:

    Muito obrigada por sua rápida resposta.
    Meu pai não desembouçou nenhum valor. Só entrou no contrato de consórcio comigo para a comprovação da renda mínima solicitada. Então devo declarar 100% dos pagamentos em meu IR e meu pai não deve declarar nada no IR dele?

  4. Anselmo disse:

    Viviane, no campo “Discriminação” detalhe bem o seu consórcio. Coloque o nome do consórcio, quantas parcelas, valor do bem, quantas parcelas cada um pagou. Informe o nome e o CPF do seu pai também e informe que ele não pagou nenhuma parcela. Se seu pai não pagou nada, não é preciso incluir na declaração dele.

  5. lucia disse:

    Entrei em um consorcio de automovel em fev/2009 e nao declarei no IR 2010. O que Faço? Fui contemplada com lance em jan/2010, como informar estas informacoes neste ano? Titulo d capitalizacao tambem entra no IR?

  6. Anselmo disse:

    Olá Lucia. Você precisa baixar o programa de declaração de imposto de renda do ano passado (2010 disponível no site da Receita) e fazer a retificação, incluindo as informações das prestações pagas do consórcio até dez/2009. Já na declaração deste ano, você deve seguir os passos descritos em “Caso o consórcio foi contemplado no último ano” citado lá em cima, neste artigo.

    O título de capitalização precisa sim ser declarado no imposto de renda. Declare em “Bens e direitos”, no Código 49: Outras Aplicações e Investimento. Informe os detalhes do título de capitalização.

    Procure o comprovante de rendimentos fornecido pela instituição financeira que gerencia seu título.

  7. Liostaane C disse:

    Possuo um consórcio de veículo adquirido em out/2009. A partir de 2010 a minha irmã precisava de um carro e deu o lance, çomeçou a pagar as prestaçoes e o consórcio foi contemplado. o véiculo comprado esta sendo usado por ela. Pensei em declarar o valor pago por ela em doações e ali colocaria o fim que se destinou a doação. O que me orientas?

  8. Anselmo disse:

    Olá Liostaane. Primeiro você deve seguir os passos descritos acima em “Caso o consórcio foi contemplado no último ano” e citar no bem contemplado, o carro, informando os detalhes pagos na doação, informando os dados de sua irmã, nome, CPF.

    Em “Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis”, item 10, informe o valor doado pela sua irmã.

    Na declaração de sua irmã, ela deve informar esta doação em “Pagamentos e Doações Efetuados”.

  9. lilia disse:

    Estou pagando um consórcio de um carro,desdesetembro de 2010, no entanto fiz minha declaração e não citei, pois não tinha conhecimento de como proceder,agora quero inserir essa informação.Por favor como devo proceder?

  10. Anselmo disse:

    Olá Lilia. Você poderá fazer uma declaração retificadora. Basta incluir o consórcio normalmente e enviar novamente a sua declaração. Para avisar que a declaração que você está enviando é retificadora, existe a pergunta “Esta declaração é retificadora?” na tela “Identificação do Contribuinte”. Informe SIM. Será necessário informar também o número do recibo da declaração enviada anteriormente, que você está corrigindo.

  11. Lina Fernandes disse:

    Fiz uma declaração de um cliente normal com as informações que ele me passou, depois q havia transmitido a declaração ele me informou que ele possui uma moto financiada, devo declarar esse bem como dividas e onus reais, como financiamento?

  12. Sandra Mota disse:

    Comprei uma carta de credito de um consorcio ja contemplado no ano passado,quitei as prestacoes restantes no mesmo ano e adquiri um carro dando como parte do pagamento a carta de credito.Como declarar o carro e o consorcio?

  13. Thais disse:

    Olá, um cliente me procurou com a seguinte dúvida, ele fez um consórcio, mas desistiu e recebeu de volta o que havia pago, é necessário citar na declaração dele, no caso afirmativo, como proceder…

    Desde já Agradeço.

    Thais F. Peres

  14. Daniela disse:

    Olá, adquiri um consórcio em 2010 e transferi para o meu marido, como doação. Como devo proceder?
    Obrigada.

  15. DEINHA disse:

    FIZ UM CONSORCIO EM 2010 E NO MESMO ANO DEI LANCE DE 20% DA CARTA DE CREDITO E UMA PARTE DO FGTS E FUI CONTEMPLADA, MAS NÃO USEI A CARTA DE CREDITO EM 2010. MINHA DUVIDA É COMO LANÇAR NO IR 2010 TUDO ISSO. PELO QUE VERIFIQUEI TENHO QUE LANÇAR EM BENS E DIREITOS O CONSORCIO (95) E COLOCAR O VALOR TOTAL QUE PAGUEI MAS O QUE FAÇO COM O CREDITO QUE RECEBI EM MEU EXTRATO DO CONSORCIO QUE É O FGTS E 20% DA CARTA DE CREDITO.
    OBRIGADA DESDE JA.

  16. Kamilla disse:

    Fiz um consorcio de veículo em FEV/2011 e fui comtemplada em NOV/2011 e comprei o carro em FEV/2012. DEVO DECLARAR IR 2012?

  17. Alexandre Afonso disse:

    Tenho um consórcio de imóvel que foi contemplado no ano passado, mas recebi o valor em espécie após dar o lance, pois o grupo estava chegando ao fim. Como faço para declarar o dinheiro recebido, já que ainda não adquiri o imóvel?

  18. Pago dois consorcios que estao em nome de minha esposa (ainda nao contemplados)…como devo declarar ?

  19. raquel p. disse:

    Tenho um consorcio que foi contemplado ano passado atraves de um lance, mas ainda nao utilizei a carta de credito e continuo pagando as parcelas como devo declarar ?

    obrigado

  20. joao carlos disse:

    fiz um Consórcio no ano passado gostaria de saber como colocar na discriminaçao devo colocar os dados do consorcio eo que mais pois ainda nao sei concerteza o modelo do veiculo (não contemplado).

  21. Juliana disse:

    Tenho um consorcio de imovel desde 2009 mas só descobri este ano que tenho que declarar. Como faço para reparar este erro? Declaro normalmente?

  22. Sidney disse:

    No ano base 2011, dei um lance e resgatei em “espécie” o crédito. Como faço para declarar?

  23. Ludmila disse:

    Adquiri um consorcio no ano passado (2011) e fui comtemplada no mesmo ano (2011). Eu sou a primeira titular e meu marido o segundo titular. Gostaria de saber se os valores pagos no consorcio, como lance, parcelas e FGTS devem ser discrimados tanto no meu IR como no dele, já que fazemos IR separados.

  24. talita disse:

    Boa Noite!
    Como declaro um consorcio adquirido e contemplado no ano de 2011?????

  25. Izabel disse:

    Como faço para declarar um consórcio adquirido e contemplado em 2011?

  26. Fábio disse:

    Olá!
    Ano passado eu vendi um consórcio de imóvel (não contemplado) que estava no meu nome e gostaria de saber se devo declarar o valor recebido dessa venda em meu IRPF.
    Obrigado.

  27. Anônimo disse:

    comprei um veiculo financiado em 2009 e declarei na declaração no campo de bens no codigo 21 dei de entrada 18.000,00 e financie o restante da divida em 24 prestações fixa de R$:851,95 e paguei 7 prestações em 2009 e em 2010 paguei + 12 prestações, e em 2011 eu vendi por R$:35.700,00, como que eu dou baixa desse veiculo na declaração em 2011?

  28. luiza simone lima de souza disse:

    comprei um veiculo financiado em 2009 e declarei no codigo 21 dei de entrada 18.000,00 e financie o restante da divida em 24 prestações fixa de 851,95 paguei 7 prestações em 2009 e em 2010 paguei + 12 prestações e em 2011 foi quitado o bem e vendi no mesmo ano em 2011, como é que dou baixa desse veiculo na declaração de 2011.

  29. Ari disse:

    Minha renda não é suficiente para declarar ,mas adquiri um consórcio de um carro,ainda não contemplado,deve fazer a declaração?

  30. queromaisdicas.com.br disse:

    Olá Ari, o fato de ter um consórcio não obriga a declarar o imposto de renda, porém fique atentos a outras regras, confira em http://www.queromaisdicas.com.br/quem-precisa-declarar-imposto-de-renda-2013/

  31. Magaly disse:

    Olá, boa tarde. Em 2012 meu esposo adquiriu duas cotas de consórcio de imóvel e meu nome aparece apenas como co-participante. No mesmo ano usei $270.000,00 que estavam investidos em meu nome para dar lance nas duas cotas mas ainda não utilizamos o valor contemplado. Como declaro a saída dos valor de meus investimentos?? Meu esposo não está obrigado a fazer declaração de IR, ele precisa declarar por conta desse lance efetuado no consórcio?? Como??

  32. Daniel Mattos disse:

    Meu pai realizou um consórcio no nome dele em novembro de 2011, no mesmo mês ele deu o lance e foi contemplado. Só pegou a moto em março de 2012, só que teve que transferir a titularidade do nome dele para o da minha mãe, mas quem paga as parcelas é o meu pai, só está no nome dela, pois com o dele não conseguiu passar. Devo declarar no IRPF dela? Meu pai não declara.

  33. Bruno disse:

    Olá,

    Resgatei este ano o valor em dinheiro de uma carta contemplada ano passado (2012). Sobre este valor, será cobrado imposto de renda na próxima declaração? A forma de declarar será a descrita no “caso o consórcio foi contemplado no último ano”? Grato.

  34. cleonice disse:

    Ola, gostaria de saber como faço ? Fui contemplada com um consorcio de R$ 150.000,00 onde o mesmo já está quitado tenho que pagar imposto renda. Segunda situação vou comprar um terreno com esse consorcio tanto que o próprio consorcio vai passar o dinheiro para o comprador . Como esse comprador vai declarar essa declaração. Vai reter imposto dele?
    Gostaria muito dessa resposta .

Deixe seu comentário!

Nome

Email

Site: